• CADEIRA ORVALHO

    Produto Premiado exclusivo da Movelaria Paranista Leia mais
  • HOTEL RAMADA

    Móveis da Movelaria Paranista no hotel no Recreio dos Bandeirantes Leia mais
  • MUSEU OSCAR NIEMEYER

    Os móveis da Movelaria Paranista pertencem ao acervo permanente de design do MON Leia mais
  • SALÕES DE FESTAS E EVENTOS

    Cadeiras elegantes com os diferenciais da empilhabilidade e resistência Leia mais
  • HOSPITALITY & FOOD SERVICE

    Móveis para uso profissional em gastronomia, hotelaria e eventos Leia mais
  • A FANTÁSTICA FÁBRICA DE CADEIRAS

    Monte a sua cadeira em nosso simulador! Leia mais
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6

 

CONHEÇA O PERFIL DO SEU CLIENTE E FAÇA BONS NEGÓCIOS NESTE ANO!

*** atenção: se alguma imagem desta página não abrir clique aqui para ver como resolver ***

Vender, muito antes de ser uma arte, é o resultado de um processo de comunicação entre cliente e fornecedor. Se o produto é o que o consumidor quer e a comunicação acontece de forma adequada a venda é o resultado natural.

Os segmentos de gastronomia, hotelaria e eventos estão em expansão, é notório que estes mercados estão se ampliando em função do bom momento da economia brasileira e pela injeção de novas energias criadas pela proximidade da Copa do Mundo de Futebol em 2014 e pelas Olimpíadas em 2016. Entretanto para atender este aumento da demanda não se trata de oferecer apenas “mais do mesmo”.

Além de termos um número maior de clientes nos restaurantes e fazendo turismo por conta do crescimento da economia, temos clientes mais exigentes e com preocupações totalmente novas. Este momento positivo brasileiro impõe aos restaurantes e hotéis a necessidade de renovarem seus mobiliários preparando-se para a competição acirrada e para um período de grandes vendas.

É fundamental para os executivos de restaurantes e hotéis conhecerem melhor o perfil dos seus consumidores para melhor prepararem suas casas para receberem estes clientes.

As novas exigências não estão apenas baseadas nos critérios tradicionais ampliados, mas sim em uma nova visão de mundo que está se consolidando.

Traçamos abaixo 5 perfis destes novos consumidores e 1 condição empresarial, e sugerimos modelos de cadeiras que podem ser mais adequados. Cabe ao empresário de gastronomia e hotelaria estudar em quais perfis a sua clientela se enquadra e escolher a cadeira ideal para atender este público.

Clique nas miniaturas abaixo para saber mais sobre os perfis de clientes

*** atenção: se alguma imagem desta página não abrir clique aqui para ver como resolver ***


AS MELHORES CADEIRAS PARA OS NOVOS CONSUMIDORES

A consciência de que nosso planeta está dando sinais de que não suporta mais a exploração desenfreada está mudando a forma de ver das pessoas. O motorista que sempre usa álcool em seu carro flex, mesmo quando o preço não é “vantajoso”: pois o uso do álcool como combustível sempre é vantajoso em termos ambientais. Este é o mesmo cliente que valoriza um restaurante que demonstra real preocupação com o meio ambiente. Este é o cliente que valoriza, por exemplo, o uso de madeira ecológica nos móveis e de boas práticas ambientais.

A busca pelo prazer pessoal e o acesso a novas experiências são tendências que impactam diretamente no negócio de restaurantes e hotéis. O desejo deste novo consumidor em experimentar vinhos implica em termos cadeiras mais confortáveis, já que o tempo de permanência sentado será maior.

Clientes focados em inovação ficarão satisfeitos com design ou atributos inovadores perceptíveis.

Podemos definir estratégias para que o design dos equipamentos adotados em nossos estabelecimentos estejam conectados com valores e desejos dos consumidores, isso cria uma força sinérgica no sentido de melhorar a experiência de consumo para os clientes impactando positivamente nas vendas. As cadeiras da Movelaria Paranista oferecem atributos diferenciados possibilitando auxiliar na melhoria da relação de restaurantes e hotéis com seus consumidores, e assim aumentar seu potencial de vendas, aumento de ticket médio e aumento de taxa de ocupação.

Na tabela abaixo os modelos mais adequados para cada perfil estão marcados com cores: vermelho para muito adequado, laranja para indicação intermediária, amarelo para moderadamente adequado e branco para pouco indicado.

MODELO DE CADEIRA
  

 PERFIL DE CONSUMIDOR
ECO EARLY ADOPTERS 
ANTENADO FUTURE SHAPER 
CLÁSSICO
STARTUP
   CAMALEÃO BASIC            
   CAMALEÃO TEMÁTICA            
   ORVALHO            
 

SERINGAL

           
 

ESPARTILHO

           
 

QUADRATTA

           
 

DUETO

           
 

TRIO

           
 

SLIM

           

Ilustração superior de Yamamoto Ortiz – Fotos da esquerda superior em sentido horário: 1 de Muhammad Karim, 2 de Justyna Furmanczyk , 3 de Laura Leavell, 4 divulgação Mont Blanc, 5 divulgação Apple e 6 de Penny Mathews.


PERFIL DO CLIENTE POR FAIXA ETÁRIA

A Shopper Experience, empresa especializada em pesquisa sobre o consumo se lançou nas ruas e tentou traçar um mapa do desejo de consumo dos brasileiros de acordo com a faixa etária em que os indivíduos se enquadram. Estes perfis de comportamento podem ajudar na definição de equipamentos em restaurantes e hotéis.

Se na faixa de 40 anos, por exemplo, “Viagens para lugares longínquos e exóticos, e vinhos caros estão entre os objetos de desejo. ” a melhor escolha de cadeiras é por modelos temáticos e de conforto ótimo possibilitando tempos maiores de permanência. Veja alguns dos resultados obtidos:

20 ANOS

Aos 20 anos, o perfil é do consumidor mais antenado; o homem se revela mais consumista, sendo que a prioridade recai por produtos inovadores e tecnológicos (TV LED, jogos de videogame, McBook Pro, etc) e acessórios masculinos (relógios, tênis, roupas e óculos). O sentimento de prazer – em comprar para si e em presentear – é o mais relatado entre os jovens consumidores. O consumo de publicações (assinatura de revistas masculinas) e a compra de passagens aéreas entram constantemente na estrutura de gastos. Consumir é bem-estar. Esses jovens apontam os artigos de design, além de apartamento e carros como objetos de desejo.

30 ANOS

Os trintões se auto-classificam como trenders e early adopters; são vaidosos e consomem produtos e serviços ligados à beleza (cremes para o rosto e para a região dos olhos) e ao bem-estar (calçados, roupas, viagens, restaurantes etc). São os que mais compram por desejo/prazer que por necessidade. Em contrapartida, na hora da compra, são objetivos, pois sabem o que querem. A compra não é por impulso! Entre os objetos de desejo estão helicópteros e barcos. As mulheres que personificam a compra, na opinião dos entrevistados na casa dos 30 anos, são Eva Mendes (prazer); Cleo Pires (inspiradora); Ivete Sangalo (cheia de energia, bonita e comunicativa).

40 ANOS

Esse homem compra apenas o necessário, mas é facilmente conquistado por novidades tecnológicas e acessórios como relógios. Eles reportam como a última compra, justamente artigos eletroeletrônicos como TV LED e cafeteiras sofisticadas. Para os quarentões, a sensação de poder e sucesso são as mais associadas ao ato de compra. Viagens para lugares longínquos e exóticos, e vinhos caros estão entre os objetos de desejo. Na análise do atendimento, afirmam que ao comprar eletroeletrônicos recebem um atendimento especial por parte dos vendedores, ou seja, os vendedores fornecem mais detalhes sobre os produtos.

50 ANOS

Na casa dos 50 anos, o homem permanece objetivo nas compras e aprimora a observação – ou seja, passa a valorizar detalhes do produto a ser comprado e do atendimento prestado. As compras são mais rápidas, porque a decisão de compra foi tomada antes mesmo de sair de casa. Os carros são objeto de desejo; Carla Bruni personifica a mulher associada à compra certa – clássica, antenada, elegante e decidida. Um segundo nome citado é Oprah Winfrey… pela idoneidade. Na opinião dos cinquentões, eles representam um desafio ao atendimento exatamente por saberem o que querem; não dão margem a discursos vazios e “marqueteiros”. Em contrapartida, pelo valor médio da compra, representam para os vendedores a oportunidade de altas comissões.

60 ANOS

Os consumidores sessentões são mais objetivos e compram somente o necessário – as últimas compras reportadas são em supermercados, posto de gasolina, farmácia e lojas de calçados. Mais atentos à forma do atendimento, mostram-se desatentos quando o assunto é embalagens. Acreditam que o homem é mais bem atendido quando compra produtos duráveis. Um carro maior e potente; uma casa mais confortável estão entre os objetos de desejo.

*** atenção: se alguma imagem desta página não abrir clique aqui para ver como resolver ***


Fontes

Catho

Cidade Verde

Movelaria Paranista

Naísa Modesto

Shopper Experience

TNS - Taylor Nelson Sofres

Universo do Conhecimento

Yuri Gitahy